Aqui está o que a cera do seu ouvido diz sobre sua saúde


Muitas vezes, as coisas que parecem completamente benignas e sem muita importância podem ter um efeito profundo na nossa saúde.

 

 

   

 

 

Ainda mais importante, são as pequenas alterações em nosso corpo que normalmente ignoramos podem sinalizar problemas mais significativos se não forem controladas.

 

A cera é um bom exemplo de algo que negligenciamos, mas que poderia sinalizar uma doença que está começando a se manifestar de uma maneira incomum. Embora a maioria das alterações no nosso ouvido não aponte para doenças alarmantes, elas não devem ser ignoradas.

 

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

 

É por isso que dividimos este vídeos em algumas partes principais para mostrar o que você precisa procurar. Cada um dos tópicos esclarece nossa saúde, por isso preste muita atenção.

 

A quantidade de cera de ouvido

 

Você provavelmente nunca pensou que tanto ou muito pouco cerúmen poderia dizer algo significativo sobre sua saúde. No entanto, ambos têm muito a nos ensinar. Primeiro: uma abundância de cera normalmente indica níveis elevados de estresse.

 

Quando estamos sob estresse, nossas glândulas apócrinas entram em alta velocidade e começamos a suar. Quando você está nervoso, você sua mais. Esse tipo de transpiração produz mais cerúmen do que o normal.

 

Se você perceber que está produzindo mais cera de ouvido do que o normal, ajuste sua programação para reduzir o máximo de estresse possível. Embora não ter cera no ouvido seja raro, isso é possível. Isso é chamado de “obturans ceratite”.

 

Não é que o corpo não produz cera de ouvido, mas ele não ocorreu como deveria. Em vez disso, ele se acumula e interrompe o canal auditivo.

 

Pode causar dor e sensação de plenitude no ouvido. Se você perceber que não está produzindo naturalmente cera de ouvido e começar a ter esses sintomas, consulte um profissional de saúde.

 

A textura da cera de ouvido Várias coisas podem acontecer em relação à textura do seu cerúmen. Pode ficar pegajoso, mais fino, mais espesso ou mais seco. Todas essas texturas apontam para sintomas diferentes.

 

A cera saudável é úmida e pegajosa. Isso mantém o equilíbrio adequado no ambiente quente de nossos ouvidos, garantindo que eles não fiquem com comichão ou muito sujos. Quando a textura fica aquosa, pode significar que você está suando muito, mas também pode indicar uma infecção.

 

Além disso, se o seu cerúmen chegar a um ponto em que é tão aguado que começa a sair por conta própria, pode ser um sinal de uma condição mais grave chamada “colesteatoma”. Essa pequena protuberância no ouvido pode encher o canal e fazer a cera vazar para fora. Contacte o seu médico se você começar a sentir qualquer vazamento no ouvido.

 

Cor

A cor do seu cerúmen pode ser a mais fácil das características a serem observadas. Mantenha essas cores em mente como regra geral para cera de ouvido.

Amarelo (normal ou pálido) e cinza são cores normais. Não há motivo para alarme para qualquer uma dessas cores.

O preto ou o castanho escuro não é algo com que se preocupar, mas você pode querer limpar os seus ouvidos com mais regularidade. Essas duas cores nos dizem que a cera é velha. É provável que tenha estado lá por um tempo.

Verde ou um amarelo mais escuro podem indicar infecção.

Finalmente, como a maioria das coisas na vida, a cera branca nos permite saber que estamos envelhecendo. Seguindo a cor do nosso cabelo.

 

Gostou do artigo? Se você gostou compartilhe com seus amigos.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF