Carta de despedida à Vitória Gabrielly emociona Minha menina anjo


O caso da adolescente Vitória Gabrielly comoveu o Brasil, tanto pelo desaparecimento quanto pela forma como seu corpo foi encontrado. Nesta segunda-feira, 18 de junho, milhares de pessoasusaram as redes sociais para se despedir da garota, que teve sua morte confirmada no final de semana. O perfil de Vitória no Facebook recebeu milhares de mensagens emocionantes.

A menina saiu apenas para de patins e desapareceu, 8 dias depois seu corpo foi encontrado sem vida. Um dos detalhes que mais chocou as pessoas foi que seu corpo foi encontrado ao lado do seus patins rosas. No último domingo, 17 de junho, aconteceu o sepultamento, e no cemitério uma multidão foi dar o último adeus a adolescente.

Segundo o site ideal, Lara, uma amiga da menina, publicou uma espécie de cartinha, na qual ela escreveu que sua amiga é um “anjo” e pediu para que Deus a recebesse ela no céu. A publicação não está aberta, por isso não conseguimos acesso. 

 

Claro que Lara não foi a única, a rede social da adolescente virou uma espécie de mural, para todos que quiserem deixar sua mensagem. Também muitas pessoas fizerem homenagens em suas próprias redes sociais, uma espécie de carta aberta tem chamada a atenção pela forma que descreve o caso: 

“OI… meu nome era Vitória Gabrielly Guimarães Vaz,
Eu tinha 12 anos, e tinha planos e sonhos! Mas eu estava desaparecida há mais de uma semana em Araçariguama (SP) quero agradecer a todos que oraram por mim, Mas enfim, fui encontrada! 
Não dá forma que os meus pais sonharam” mais na tarde deste sábado (16) eu fui encontrada! e agora vou me encontrar com meu Deus.

Meu corpo foi encontrado próximo a um matagal, Um homem disse que sentiu o cheiro enquanto passeava na região com seu cachorro… 
Ao ver o meu corpo, o homem chamou a polícia”
Meu corpo foi jogagado como um lixo! Eu não merecia isso. 
O meu pai reconheceu o meu corpo, A minha mãe ainda não acredita,

 

O meu corpo será levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Sorocaba, e eu só queria brincar com o meu patins novo.
Sim.
Eu sai na tarde do dia 8 de junho para patinar próximo da casa onde eu morava, no bairro de Vila Nova, mas não voltei. 
O triste disso tudo é que eu não fui a primeira (e nem serei a última) esse é o nosso Brasil”, escreveu Daniela Aquino Silva

Em entrevista para um programa de TV, a mãe de Vitória, Rosana disse que um dia antes dela desaparecer teve uma espécie de ‘premonição’ e pediu para que sua filha tivesse cuidado. Rosana orientou a filha a gritar e correr, caso alguém estranho aparecesse.

Essa notícia triste comoveu o país, deixe sua opinião do que achou da cartinha da amiga de Vitória nos comentários!

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF