CIENTISTAS CONFIRMAM: O AÇÚCAR "DESPERTA" O CÂNCER


Os malefícios do açúcar (especialmente o branco) para o nosso organismo são muitos: aumento do risco de ter problemas como diabetes, obesidade, colesterol alto, gastrite e prisão de ventre.

 

 

Mas isso não é novidade para ninguém.

 

O que nem todos ainda têm certeza é se realmente existe a ligação entre a ingestão excessiva de açúcar e o crescimento de células cancerosas.

 

Mas há uma novidade: cientistas descobriram fortes evidências da correlação entre açúcar e câncer.

 

O que os pesquisadores conseguiram foi elucidar o efeito Warburg, um fenômeno no qual as células cancerosas destroem rapidamente os açúcares, o que estimula o crescimento do tumor.

 

O efeito Warburg foi descoberto 80 anos atrás pelo cientista prêmio Nobel  Otto Warburg.

 

Funciona assim: as células do corpo humano precisam de energia e isso elas conseguem por meio dos açúcares presentes nos alimentos que consumimos.

 

O problema é que as células cancerosas também precisam de açúcares para crescerem.

 

Técnica da respiração profunda acalma e combate estresse e ansiedade

O melhor horário do dia para você tomar seus suplementos de vitaminas e minerais

 

O que as distingue das células saudáveis ​​é o fato de que a sua ingestão de glicose é muito maior do que a das células não degeneradas, assim como a taxa de fermentação da glicose em ácido lático.

 

O efeito Warburg está diretamente ligado ao rápido crescimento do câncer, apesar de ainda não ter sido provado se ele seria  um sintoma ou a causa do início desta doença.

 

A descoberta, descrita na revista Nature Communications, fornece evidências de uma correlação entre açúcar e câncer, que, segundo os pesquisadores, pode ter implicações para dietas feitas sob medida para pacientes com câncer.

 

Pesquisadores da Universidade de Leuven investigaram o assunto durante nove anos, identificando o mecanismo pelo qual as células cancerosas metabolizam o açúcar.

 

Como uma das características mais proeminentes das células cancerosas, esse fenômeno tem sido extensivamente estudado e até usado para detectar tumores cerebrais, entre outras aplicações.

 

Pesquisas anteriores sobre o metabolismo de células cancerosas focaram no mapeamento de características metabólicas, mas este estudo esclarece a ligação entre o desvio metabólico e a potência oncogênica em células doentes (com câncer).

 

Johan Thevelein, principal autor do estudo, disse: “Nossa pesquisa revela como o consumo hiperativo de açúcar de células cancerosas leva a um ciclo vicioso de estimulação contínua do desenvolvimento e crescimento do câncer.

 

Assim, explicamos a correlação entre a força do efeito de Warburg e a agressividade do tumor. Este elo entre o açúcar e o câncer tem consequências radicais. Nossos resultados fornecem uma base para pesquisas futuras neste domínio, que agora podem ser realizadas com um foco muito mais preciso e relevante.”

 

 

 

Para chegar aos resultados do estudo, foram utilizadas células de levedura que possuem um gene "Ras" que "programa" a síntese de proteínas homônimas comumente encontradas também em células tumorais.

 

Verificou-se assim que, nas células de levedura com alta entrada de glicose, as proteínas Ras se ativam demais e consequentemente as células crescem a um ritmo acelerado.

 

Em essência, o que acontece com o câncer se houver uma grande presença de açúcar é que, dessa forma, ele pode se tornar mais agressivo e difícil de tratar.

 

Thevelein disse: "Nós observamos em levedura que a degradação do açúcar está ligada através da intermediária frutose 1,6-biofosfato à ativação das proteínas Ras, que estimulam a multiplicação de leveduras e células cancerosas. É impressionante que esse mecanismo tenha sido conservado durante a longa evolução da célula de levedura para o humano.”

 

Apesar de positivos, os resultados do estudo não são suficientes para identificar a causa primária do efeito Warburg.

 

Mais pesquisas são necessárias para descobrir se esta causa primária também é conservada em células de levedura.

 

O desafio agora é descobrir como eliminar as células cancerígenas, sem levar junto as células saudáveis do paciente.

 

E fazer com que os oncologistas já comecem a pensar na retirada do açúcar da dieta de seus pacientes.   

 

Este blog de notícias sobre tratamentos naturais não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF